Deus não esquece do que nos fez chorar hoje e usa isso para nós sorrirmos no amanhã.


Temos que ter em mente que TUDO o que Deus nos deu não foi por nosso merecimento, foi pela GRAÇA.


Você pode lamentar-se à Deus pelas coisas que você não tem, ou pode ser grato por tudo aquilo que Ele já te deu.


Por que as pessoas tem o costume tão bobo de consultar à Deus nas últimas horas? Por que não O consultam de imediato? Conte os seus problemas para alguém que pode resolvê-los. Conte os seus problemas para Deus.
Hannah Karen (adoradoras)

Jesus pode estar dormindo no seu barco, mas pelo menos você sabe que Ele está lá. Ele está com você, acredite.


"Mestre, não te importas que morramos? Mc 4:38" Eu sei, as tempestades ultimamente têm sido tão turbulentas, nós ficamos tão tristes à ponto de achar que iremos morrer, ou às vezes preferimos a morte. E na imensidão gritante do nosso interior, nos perguntamos se Deus gosta de nos ver sofrer, se Ele já não se importa mas. Eu sei que para chegar na outra margem, precisamos passar pelo mar, Jesus nunca disse que seria fácil, mas Ele nos garantiu que chegaríamos em terra seca, na calmaria. Deus pode não estar falando tanto ultimamente, talvez ele esteja dormindo no seu barco, mas eu tenho certeza de que Ele está com você. A tempestade pode chegar mas, após isso, a calmaria é garantida. Tenha fé, tudo ficará bem.
Hannah Karen (adoradoras)

Que eu seja a geração do avivamento.


Hoje eu posso contemplar os Teus planos e meu coração se enche de alegria por servir à um Deus tão sábio. Hoje eu entendo que o que me aconteceu no passado estava me preparando para o presente, e que o presente, o hoje, está me preparando para um futuro melhor ainda.
Hannah Karen (adoradoras)

Quando Deus nos chama para um novo destino, somos capazes de olhar para o nosso futuro e ver um começo e um fim belo. No entanto, precisamos ter a consciência de o caminho para chegar até este destino será difícil. O seu barco passará por tempestades, talvez seu barco encha-se de água, talvez quase afunde… Mas tenha sempre em mente “Jesus está no barco comigo”, Ele pode estar dormindo mas a Sua presença é real, é o que importa. E quando você passar por alguma tempestade, saberá o que fazer na próxima. Você é um bom marinheiro, mas lembre-se de seguir as ordens do Capitão.
Hannah Karen (adoradoras)

Antes de pedir a opinião de qualquer pessoa, peça a opinião de Deus.


Seu Pai celeste estava presente quando você dava os primeiros passos como criança. Ele presenciou as mágoas e desapontamentos de sua adolescência e, neste instante, está presente com você. Por breve tempo você foi emprestado a pais humanos que durante alguns anos deveriam ter-lhe dado amor semelhante ao amor de Deus. A intenção divina era que o cuidado e a segurança de um bom lar o preparassem para o amor dEle. Se a família falhou no desempenho dessa responsabilidade, você precisa reconhecer esse fato, perdoar-lhe e prosseguir a fim de receber o amor de Deus. Ele o aguarda agora mesmo com braços estendidos. Deus é o único Pai que jamais falhará conosco. Como diz 2 Timóteo 2:13: “Se somos infiéis, Ele permanece fiel, pois não pode negar-se a si mesmo”.
Floyd McClung Jr. (adoradoras)

Sawat havia lançado a desgraça sobre sua família e desonrado o bom nome do pai. Chegara a Bangcoc, na Tailândia, com o objetivo de escapar da monotonia da vida da aldeia. Havia finalmente encontrado agitação. Enquanto prosperava em seu sórdido estilo de vida,ganhava também popularidade.

Logo ao chegar, visitara um hotel diferente de todos os que já havia visto. Cada quarto tinha uma janela voltada para o corredor e em cada janela, uma jovem. As mais velhas riam ou sorriam. As demais, com apenas 12 ou 13 anos de idade, e algumas ainda mais novas, pareciam nervosas e até mesmo amedrontadas.

Essa visita iniciou Sawat no mundo da prostituição de Bangcoc. Tudo começou de modo inocente, mas logo o jovem foi apanhado, à semelhança de um pedaço de pau flutuando na correnteza destruidora. O rio era caudaloso e rápido e a correnteza, forte demais.

Logo ele estava vendendo ópio e servindo de intermediário para turistas nos hotéis. Desceu tão baixo a ponto de ajudar a comprar e vender meninas,algumas das quais com apenas 9 ou 10 anos de idade. Era um negócio repugnante, vergonhoso, e Sawat se destacava como um dos mais importantes “negociantes” do ramo.

Foi então que lhe puxaram o tapete, e ele caiu. Teve início um período de má sorte. Foi roubado e, enquanto tentava recuperar a posição e o prestígio perdidos, as autoridades o prenderam. Correu o boato no submundo do crime que Sawat seria espião da polícia. Ele acabou indo morar em um barraco ao lado do depósito de lixo da cidade.

Sentado no minúsculo barraco, o jovem começou a pensar na família, sobretudo no pai, cristão simples de uma cidadezinha perto da fronteira malásia. Sawat lembrou-se das últimas palavras do pai, ao se despedir: “Estarei esperando você”. O rapaz tentava imaginar se o pai ainda o estaria esperando depois de tudo o que tinha feito para desonrar o bom nome da família. Será que ele seria bem recebido de volta em casa? Havia muito tempo os boatos sobre a vida dele na cidade tinham chegado à aldeia.

Por fim, Sawat traçou um plano. Ele escreveu:

Querido pai, gostaria tanto de voltar para casa, mas não sei se o senhor me receberá depois de tudo o que fiz. Meu pecado é grande demais, pai. Por favor, perdoe-me. Sábado à noite estarei no trem que passa pela nossa aldeia. Se o senhor ainda estiver à minha espera, por favor, amarre um pedaço de pano na paineira da frente de nossa casa. (Assinado) Sawat.

Nessa viagem de trem, ele refletiu na vida que levara nos últimos meses e reconheceu que o pai tinha todo o direito de renegá-lo. À medida que o trem se aproximava da aldeia, mais o rapaz fervia de ansiedade. O que faria se não houvesse pano na paineira?

No banco ao lado viajava um bondoso estranho que notara o crescente nervosismo e ansiedade do jovem. Finalmente, Sawat não conseguiu aguentar a tremenda pressão e foi logo derramando sua história no trem diante do estranho. Quando entravam na aldeia, Sawat pediu:

— Meu senhor, não agüento olhar pela janela. Será que poderia olharpor mim? E se meu pai não me receber de volta?

Sawat enterrou o rosto nos joelhos.

— O senhor consegue ver a árvore? É a única casa com uma paineira.

O estranho respondeu:

— Jovem, seu pai não pendurou apenas um pedaço de pano. Veja! Ele cobriu a árvore toda!

Sawat não podia crer no que os olhos viam. Os galhos estavam todos cobertos de retalhos brancos. Na frente da casa, o velho pai pulava de alegria, agitando uma fita branca. Depois, com passos trêmulos, correu ao lado do trem. Quando o trem parou na pequena estação, o pai foi abraçar ofilho, chorando de alegria.

Eu estava esperando você — exclamou o velho.


Não conseguiremos parar de murmurar sobre o que não temos se não nos humilharmos e percebermos como somos abençoados em tudo o que temos. Devemos aprender a apreciar o que as pessoas fazer por nós e parar de reclamar sobre o que não fazem.
Joyce Meyer (adoradoras)

Se eu estou com Deus, então eu estou com tudo que é bom, perfeito e agradável.
— Jaqueline Vasconcelos

Se antes eu queria o avivamento, hoje eu quero o avivador. Se antes eu queria as bênçãos, hoje eu quero o abençoador. Se antes eu queria uma pessoa, hoje eu quero o Salvador. Se antes eu queria um romance, hoje eu quero o Teu amor!
— Banda Casa Amarela

#jaque6  #deus  #amor  #musica  
Há 1 dia · 79 notas · reblog